agosto 24, 2010


Ando por caminhos de luz
No peito trago sempre esperança
Assim vale a pena... a vida tem sentido,
tudo se alcança!

Amo, esta imensidão que me rodeia
O Sol, as estrelas a lua cheia
Natureza Soberana
Que a todos acolhe sem preconceito
Que a todos aconchega em seu peito.

(Muri Zíngara)



“Amo meu povo, nossos costumes…
A dança me fascina e me faz voar
num infinito de encantos”!

Madalena Cigana

Nenhum comentário:

Postar um comentário