abril 22, 2012

Boa noite, meu amor!



diz boa noite, querido,
vou deitar-me, e sonhar contigo ainda uma vez,
a noite assim azul, cheia de luz, não vês?
Parece que nos chama e a sonhar nos convida...

O céu é aquela folha onde deixei perdida
a história de um amor, que te contei talvez,
- hoje, nela eu não creio, e tu também não crês,
- mas, para que falar nessa história esquecida?...

Boa noite, meu amor... Vê se sonhas também...
"Um castelo encantado... um país muito além
e uma princesa ao teu lado amorosa e cortês..."

Com o céu azul assim, talvez dormir consiga,
vou sonhar...vou sonhar contigo, meu  querido,
vê se sonhas também comigo outra  vez!


J G de Araujo Jorge





















Um comentário:

  1. Sonhe comigo amor, e não se esqueça mais.
    Lembre-se de mim, e não se esqueça mais.
    Desprenda-se de tudo que lhe impõe o pesar do sofrimento e entregue-se para mim. Por inteiro sem destemor.
    Desprenda-se de tudo, do orgulho, do medo, do egoísmo e do falso moralismo, solte-se como as brisas, solte-se como as folhas, solte-se de leve em venha ao meu encontro.
    Laroiê. Exú é Mojubá, Laroiê Pomba-gira 7 Saias, que a minha palavra não volte vazia, vai buscar o que é meu, corre vento, corre ar, corre pelo mar, corre sol, corre água, vai buscar o que é meu. Laroiê, Ela baila no ar, ela baila na música, ela baila no luar, 7 saias já venceu!
    Karina.

    ResponderExcluir